Entre paixões

A paixão é uma coisa engraçada.
Geralmente acontece com a pessoa errada.
Uma tormenta toma posse da nossa vida
e todo dia parece não ter saída.

Como uma maré subindo desmedida,
a paixão vai se tornando descabida.
Sobrecarrega nosso pensamento
e é só suspiros, dor e sofrimento.

A paixão em amor se torna
e nada além da pessoa amada nos consola.
O peito se aperta, o coração foge do compasso.
A razão do ser, há muito perdeu espaço.

Entre paixões e amores vivemos.
Procurando saber porque tanto sofremos.
Mesmo que a música nos ensine que “amar é sofrer”,
De nada me arrependo, quando o assunto é você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *